quinta-feira, 30 de julho de 2009

Eterno amor.

"(...) Quando Mathilde e Manech fizeram amor pela primeira vez ele adormeceu com a mão repousando em seu seio. Cada pontada em seu ferimento é como o coração de Mathilde batendo. E cada pulsação aproxima-a dele. Se Manech estivesse morto, Mathilde saberia. Desde que recebeu a notificação de morte apegou-se teimosamente a sua intuição como a um fio delicado. Ela nunca desanima. Além disso, Mathilde tem um temperamento otimista. Ela diz que, se o fio não a levar de volta ao amante, tudo bem... Ela poderá usá-lo para se inforcar."

[do filme "Eterno Amor", de Jean-Pierre Jeunet].

terça-feira, 28 de julho de 2009

Em cada um de nós...

"Existe em cada um de nós tanta beleza e tanta abominação. Nenhum homem está isento."

[Palavras do Abade, personagem de Joaquin Phoenix no filme Os Contos Proibidos do MarquÊs de Sade. Filme que retrata a imortalidade do artista em si. Ótimo!]

Mórbido sentimento.

Um dia seremos queimados vivos como penitência pela nossa fúnebre afeição. E, se a humanidade não nos homenagear com o prazer da morte, nos envenenaremos, travando assim nossa própria glorificação sepúlcra.
Nos amaremos eternamente em nossa sepultura nupcial.
Nossos corpos sem vida apodrecerão juntos por todo o sempre.
Nos deleitaremos com quem nos subestimou.
Nossas caveiras mergulhadas em sangue inimigo brindarão infinitamente nosso mórbido sentimento.

[Thom Albuquerque]

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Palavras de um líder.

"Quando fico desesperado eu me lembro de que, em toda a história, a verdade e o amor sempre triunfaram. Houve tiranos e assassinos que pareciam invencíveis durante algum tempo, mas, no final, eles sempre caem. Pense nisso. Sempre."

[M. K. Gandhi. Citado no filme Gandhi, com Ben Kingsley]

Resistência civil.

"A força da resistência civil é provocar reação. Vamos continuar a provocar até que reajam ou mudem a lei. Eles não controlam. Nós controlamos. Esta é a força da resistência civil."

[M. K. Gandhi].




Poder.

"Poder não é um distintivo e nem uma arma. Poder é mentir. Mentir muito e fazer o mundo todo ficar do seu lado. Quando todos crêem em algo que no fundo sabem que é mentira, você os conquistou."

[Do filme Sin City, obra de Frank Miller].




Não canso de assistir esse filme!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Solidão

"Descobri que a solidão é a dor física mais difícil de suportar. Que se irradia pelo corpo inteiro. Que não pode ser isolada numa só parte."

[Billy Hayes, Personagem de Brad Davis no filme "Midnight Express", do diretor Alan Parker].




sexta-feira, 3 de julho de 2009

Só porque eu te amo

Quando lembro que existo,
mesmo que por um surto,
é quando sei que te amo.

Quando estou só,
mesmo que por entre multidões esteja,
é quando sei que te amo.

Quando amanheço,
mesmo sem ter anoitecido,
é quando sei que te amo.

Quando me orgulho,
mesmo por sentir-me arrependido,
é quando sei que te amo.

Quando respiro,
mesmo que fôlego me falte,
é quando sei que te amo.

Quando nos beijamos,
mesmo que em pensamento seja,
é quando sei que te amo.

Quando estamos juntos,
mesmo estando distantes,
é quando sei que te amo.

E se hoje,
mesmo que em meio a prantos,
a felicidade me habita,

é só porque eu te amo!

[Thom Albuquerque]

quarta-feira, 1 de julho de 2009

O que eu vou dizer não deve agradar a ninguém...

... (...) A nossa história é o resultado do que fazemos atos. Se houver historiadores daqui a 50 ou 100 anos (...) haverá provas em preto-e-branco e em cores da decadência, alienação e falta de cobertura da realidade que vivemos. (...). Somos inclinados a evitar informações desagradáveis e perturbadoras. A nossa mídia reflete essa atitude. Mas, exceto se esquecer os lucros e reconhecer que a televisão está sendo usada para distrair, enganar, entreter e nos isolar... Então a tevê e os que a patrocinam, assistem e que nela trabalham, terão uma visão bem diferente, mas tarde demais.

[Edward R. Murrow, personagem do filme "Good night and good luck", de Geoge Clooney].