sexta-feira, 3 de julho de 2009

Só porque eu te amo

Quando lembro que existo,
mesmo que por um surto,
é quando sei que te amo.

Quando estou só,
mesmo que por entre multidões esteja,
é quando sei que te amo.

Quando amanheço,
mesmo sem ter anoitecido,
é quando sei que te amo.

Quando me orgulho,
mesmo por sentir-me arrependido,
é quando sei que te amo.

Quando respiro,
mesmo que fôlego me falte,
é quando sei que te amo.

Quando nos beijamos,
mesmo que em pensamento seja,
é quando sei que te amo.

Quando estamos juntos,
mesmo estando distantes,
é quando sei que te amo.

E se hoje,
mesmo que em meio a prantos,
a felicidade me habita,

é só porque eu te amo!

[Thom Albuquerque]

10 comentários:

Flor disse...

Nooossa, Thom!!
Um amor assim é tão bom. É grande parte de que uma pessoa precisa para a vida.
Beijos.

(Jaque)

Thom Albuquerque disse...

Algumas vezes é tudo o que uma pessoa precisa...*

Ives Nelson disse...

Rapaz... que bonito! A passagem "Quando amanheço, mesmo sem ter anoitecido" em especial me tocou profundamente... a mulher em questão deve ter se sentido envaidecida!!

Thom Albuquerque disse...

Legal que você gostou...
[tomara que nela tenha despertado da mesma forma...]

Anônimo disse...

Nossa, Thom, isso sim pode se chamar de amor.
Q bom q vc tem um(amor).
bj, Bells.

Thom Albuquerque disse...

Não, não tenho.
mas obrigado pela presença~
seja você quem for.

Anônimo disse...

Nossa,
mas então d ond vem sua inspiração
p esse poemas tão tocantes, lindos e, as vezes, tristes?


bjs, Bells

Thom Albuquerque disse...

Minha inspiração é o que eu sinto, mas também pode ser o que eu sentí.
Às vezes, relembrando meu passado [seja ele triste ou não], escrevo coisas que me fugiram quando eu as sentia... Entendes?

Anônimo disse...

Uhum^^

É bom q vc sab usar isso...
tipo, fazer proveito doq passou por
mais tenha sido doloroso.

Vc transforma em arte,
q lindo!

Estas de parabéns.

E continue sempre assim, brilhando...

eu ja não consigo, prefiro ficar cm q há d bom e jogar fora tudo o q me causou sonfrimento, pena...
ainda tenho MUITO o q aprender.


:*
Bells.

Thom Albuquerque disse...

Este poema é um retrato de uma maravilhosa época da minha vida~
a qual eu não tenho pretenções de esquecer<
e ele não traduz sofrimento. Ao contrário. Traduz um puro sentimento que transpassa felicidade a cada centímetro.[acabou, mas não foi ruim]